POLÍTICA

Bons Negócios, Cara Presidente!


Crédito: Roberto Stuckert Filho / PR

Para administrar o todo e estando o todo dividido em frações se fará necessário o uso da força de muito diálogo. Caso contrário se faz a guerra. 

Hoje, 26 de outubro de 2014, a nação brasileira se mostrou polarizada entre dois grandes grupos políticos (PT e PSDB). A vencedora, Dilma Rousseff (PT), num país cujas dimensões são continentais, ganhou por pouco a eleição presidencial.

  
CandidatoPartidoVoto popularVotos %
Dilma Vana Rousseff
Partido dos Trabalhadores54.498.19351,63%
Aécio Neves da Cunha
Partido da Social Democracia Brasileira51.040.85748,36%

Mas ganhou de quem? Dos outros brasileiros e brasileiras que estão insatisfeitos? Ah, isso não seria vitória, mas o começo de uma conquista. Durante o próximo mandato Dilma terá que mostrar muito trabalho se quiser retomar a confiança do seu povo. 

A presidente reeleita fez promessas de campanha, como a reforma política e o combate à corrupção. De certo, mais que a metade dos brasileiros irá cobrar tais compromissos. Não se governa um país para um partido, se governa para muitos partidos, dentre estes, vários de oposição. 

Então, meus caros, se Dilma Rousseff realmente estiver disposta a cumprir suas promessas de campanha, ela terá muito o que negociar. Negociar sim, para que se entre em consenso. 

A presidente agora tem novos desafios pela frente, um novo cenário se descortina. Novos nomes, novos partidos compõem a câmara e o senado brasileiro, todavia, duvido que de ontem pra hoje a mentalidade destas pessoas, de nós brasileiros, tenha mudado. 

O povo vem demonstrando profunda insatisfação perante questões cruciais, como saúde, educação, trabalho, transporte, moradia, segurança pública, etc. A presidente não pode e nem deve fazer ouvidos moucos. 

Precisamos melhorar nosso PIB e nosso IDH. Queremos ser primeiro mundo. A nação está sofrida, não merecemos continuar assim. 

Eu, enquanto cidadã, apoio e torço para o atual governo. O país precisa de oposição? Precisa! Mas a oposição não pode ser leviana. O cidadão de bem não tolera vandalismo e violência. 

Eu, de minha parte, espero que a presidente me atenda! Quero saúde, quero me casar, quero trabalho com dignidade, quero segurança e educação. Reclamo isto para mim e para os que me são caros!

Então, presidente Dilma Rousseff , boa sorte e bom trabalho! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIA - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS CEREBRAIS:

O mercado de trabalho não existe sem elas:

DARTH VADER: O VILÃO QUE JÁ FOI HERÓI