ECONOMIA E A GLOBALIZAÇÃO!

 A logística do mundo globalizado




É integração econômica, social, cultural, política das nações. De todas as nações. Isso é globalização. Aquele conceito que muitas pessoas ainda encontram dificuldades para entender.

Nada mais que isso! No mundo globalizado uma economia interage com outra economia (entre nações), uma sociedade interage com a outra, uma cultura interage com a outra, as políticas se interagem... Mas o que é integração?
Integração nada mais é do que um processo de comunicação. E comunicação é troca. Troca de conhecimentos, troca de valores, troca de status, troca de mercadorias, troca de pessoas, etc.

Mas, na globalização, essa troca, essa comunicação, essa integração, acontece no âmbito mundial, ou seja, global (óbvio). E desde quando, nós seres humanos, nos interagimos entre nações? Olha, esse é um processo antigo, muito antigo. Desde os primórdios as tribos nômades já faziam isso.

Mas e hoje o que dizemos dessa interação? Dizemos que ela se dá em tempo real. Por meio da internet. Por meio dos satélites. Mas... já houve tempo que esse processo se deu por meio das embarcações, quando da Era Mercantilista.

Oras , se é uma troca, uma comunicação, uma interação... Bom, até aí tudo bem, mas esse é um processo dependente de uma palavra muito em voga nos dias atuais: logística, e é aí que a coisa se complica.

Então, para haver globalização é preciso logística? Sim! Mas o que é logística?
Conceituando: A logística é a área da gestão responsável por prover recursos, equipamentos e informações para a execução de todas as atividades de uma empresa. A logística é uma sub-área da Administração, envolvendo diversos recursos da engenharia, economia, contabilidade, estatística, marketing e tecnologia, do transporte e dos recursos humanos.

E podemos entender o mundo como uma grande empresa, onde todos os processos se interagem? Acredito que sim. Oras, vejamos! Todo país está vulnerável aos processos do comércio exterior. Certo ou errado? Certo! Até mesmo os países que se autodenominam comunistas, dependem das leis do mercado internacional.

A China abriu capital, Cuba agora está de namoro com os EUA, e a Coreia do Norte? A Coreia do Norte depende da doação de alimentos da Coreia do Sul e da China; sendo que para república  chinesa,  a Coreia do Norte também depende da exportação de cerca de 90% do seu óleo a preços amigáveis. Portanto, nem o país mais fechado do mundo está isolado.

Entendendo que o mundo é uma grande empresa que se interage, deduzimos que, nós seres humanos, não vivemos sem uma logística que tenha o mínimo de eficiência.

Globalmente falando: Seja economicamente, socialmente, culturalmente, politicamente: Nós não vivemos sem a logística! E para que a logística seja eficiente precisamos de meios de transportes indefectíveis.

É..., e pensando assim, é que verificamos que nós brasileiros estamos de mãos e pés atados. Hoje mesmo, 27 de abril de 2015, o grande empresário mineiro da construção civil, Rubens Menin, reclamou da nossa malha viária. Veja o que foi publicado em seu twitter:


"Nos anos 50 Juscelino resolveu priorizar transporte rodoviário em detrimento ferroviário. Foi o pior planejamento estratégico feito Brasil". 


"Brasil hoje não tem ferrovias, nem mesmo rodovias decentes.Malha rodoviária brasileira,exceção SP é sofrível e muito pior outros Países G20". 


"Malha rodoviária MG é muito ruim. Além de atrapalhar desenvolvimento, é responsável por elevado número de fatalidades em acidentes".

Pois é, meus caros, se quisermos evoluir enquanto nação, precisamos tomar providências urgentes quando o assunto se trata: LOGÍSTICA.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIA - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS CEREBRAIS:

O mercado de trabalho não existe sem elas:

DARTH VADER: O VILÃO QUE JÁ FOI HERÓI