MUTAÇÕES GENÉTICAS

Mutantes existem...

sempre existiram desde os tempos primórdios!




Em Biologia, mutações são mudanças na sequência dos nucleotídeos do material genético de um organismo. Mutações podem ser causadas por erros de cópia do material durante a divisão celular, por exposição a radiação ultravioleta ou ionizante, mutagênicos químicos, ou vírus.

Isso é o que nos diz o Wikipédia, mas traduzindo em outras palavras: Mutação é mudança... mudança no modo de ser do núcleo de uma célula de uma espécie, seja animal, vegetal ou mineral. 

Por exemplo, se um animal sofrer determinada radiação (receber determinada energia) ultravioleta (raio laser ultravioleta, também chamado raio de fóton (luz) ultravioleta), suas células podem alterar o seu modo de ser... mudando completamente, ou em parte, a espécie desse animal. Ou seja: o animal recebe uma rajada de luz ultravioleta e seu aspecto e funcionamento físico muda completamente. Lembrando que o raio laser consegue separar partículas atômicas dentro das nossas células e isso causa com certeza uma mutação.

De acordo com a teoria da evolução de Darwin, a vida na terra começou com a evolução da célula, a partir da qual se desenvolveram os organismos mais simples. Estes deram origem aos organismos mais complexos. Todos os novos genes e novas informações surgiram por mutação e recombinação.

Então, gente, pasmem: mutação não é coisa fora do comum... Os alimentos transgênicos são provenientes de mutações: faça o cruzamento de uma partícula de fruta com uma outra partícula de fruta de outra espécie e teremos uma fruta completamente nova, por exemplo uma banana com gosto de kiwi. 

Se no momento que aranha estiver se alimentando de um besouro, se nesse momento a aranha receber uma radiação ultravioleta, talvez possamos encontrar uma aranha com asas de besouros, um animal completamente novo.



X-Men (os super-heróis da Marvel) não é só fantasia... Pessoas superdotadas, com poderes especiais ( como por exemplo,telecinesia), pode sim ser frutos de mutações genéticas... Stan Lee, com certeza, ao criar os seus super-heróis mutantes, se inspirou na história de evolução da humanidade.  

Também não seria de estranhar, um homem com alguns genes de morcego... Um homem vampiro, mas isso é uma outra história! 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIA - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS CEREBRAIS:

O mercado de trabalho não existe sem elas:

DARTH VADER: O VILÃO QUE JÁ FOI HERÓI