Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

CRÔNICA

Imagem
Quando o amor é reciproco o conteúdo pode e deve ser diferente!



Quando me olho no espelho será que a imagem que vejo é recíproca?

Serão os vampiros seres unilaterais? Oras, tais entidades, segundo rezam suas lendas, não refletem imagens no espelho. 

Será que a imagem que faço de mim é exatamente o que sou, ou o que vejo é apenas a ponta de um iceberg?

Espelho, espelho meu será que eu me amo? É, acho que a bruxa má do conto de fadas "Branca de Neve e o Sete Anões", sente mesmo uma enorme falta de amor próprio. Afinal de contas, não é o amor que sentimos que torna as coisas admiradas em coisas belas?

Mas o por quê de tantas indagações?

Tudo isso para falar sobre reciprocidade: Tudo aquilo que é correspondido, assim, dentre outras coisas, como o sentimento.

Eu amo como sou amada? Aqueles me odeiam, recebem de mim profundo desprezo... Será o desprezo um espécie de ódio? Desprezo no sentido de: eu sei que sou mil vezes melhor que você. 

Não, desprezo definitivamente não é ódio, mas sim,…

PSICANÁLISE

Imagem
Fracasso ou Superação: Tentativa, erro ou acerto!

Tentativa, erro e acerto! Para você a frustração deve terminar em fracassou ou superação?

Olha, tudo depende do ponto de vista, nem sempre temos a sabedoria de querer o que nos faz bem. Talvez por intervenção divina, nem sempre conseguimos o que queremos, o que nos gera uma grande frustração. Todavia, dita a sabedoria que para toda frustração uma superação. 


E é na superação que encontramos o que realmente precisamos e não o que queremos. A vida da gente segue um planejamento, seja feitos por nós mesmos, seja por outra instância. Nós temos a liberdade de escolher o caminho a seguir, porém toda escolha resulta em consequências e se não soubermos fazer as melhores escolhas, colheremos os danos da nossa imprudência.

A vida é feita de tentativa, erro e acerto. É! Isso mesmo, igual exercício de matemática e é mediante este processo, de tanto tentar, errar e acertar, é que aprenderemos a fazer as melhores escolhas.

Completando ainda, dita a regra…

CRÔNICA

Imagem
O Ódio morreu de Ódio! O Amor venceu!


O Amor encontrou o Ódio e perguntou pela Paixão:

- "Onde a encontro? Por que a escondestes de mim"?

O Ódio respondeu:

- "Porque é minha a Paixão".

E o Amor retrucou:

- "Mas você já perguntou a ela com qual de nós dois ela quer ficar"?

E eis que surge o impasse: A Paixão deve terminar em Ódio, ou a Paixão deve terminar em Amor?

E o Ódio respondeu: - "Vamos disputa-la por meio da força"!

E eis que surge o segundo dilema: Quem é mais forte o Amor ou o Ódio?

E o Amor respondeu: - "Ok, quais serão os critérios"?

E o Ódio disse: - "O que o Amor tem de mais precioso"?

E completou: - "O que o Ódio tem de mais precioso é a destruição"!

E o Amor respondeu: - "Assim ficou fácil! O que o Amor tem de mais precioso é a construção! Portanto, a Paixão deve ficar com o Amor e fim de papo"!

E o Ódio se irou:  "Por que você acha que a construção é mais forte que a destruição"?

- "Oras a …

CIÊNCIA

Imagem
A palavra: um código neurolinguístico

Uma palavra pode atuar no inconsciente de uma pessoa? Pode! É uma equação neurolinguística.

Se o seu cérebro é semelhante a um computador muito provavelmente para que seja feita a compreensão dos signos, da linguagem, ele precisará decifrar códigos, ou seja, decodificar sinais!

E o que são os sinais? Os sinais são as mensagens obtidas pelos nossos cinco sentidos humanos: visão, audição, olfato, tato e paladar.

Será que nosso cérebro age sob o comando de códigos binários?

Será por isso que os especialistas afirmam que a matemática ajuda a desenvolver o raciocínio? Muito provavelmente sim.

Oras, vocês já perceberam que, por vezes, ao dizer uma palavra inocente, uma pessoa tem uma reação completamente inusitada?

Isso significa a que a palavra está agindo no nosso sub-inconsciente.

Isso também acontece em grupos de mais de um indivíduo, nesse caso a palavra está atuando no nosso sub-inconsciente coletivo.

Um exemplo: ao rejeitarmos a sugestão de um amigo para …

COMPORTAMENTO

Imagem
O que é ser fiel?


Pergunta difícil de responder, principalmente nos tempos atuais...
Ninguém mais quer ser fiel porque vivemos, hoje, num mundo individualista, em que as pessoas só respeitam seus desejos mais imediatos, esquecendo-se até de seus próprios princípios. Ou seja, as pessoas não querem ser fieis nem consigo mesmas!

Numa cultura psicopática na qual estamos inseridos, os indivíduos se tornam cada dia mais egoístas e agem impulsivamente para satisfazer seus desejos mais primários, desrespeitando a todo tipo de compromisso! Elas se preocupam com seu próprio prazer, com sua própria felicidade e são incapazes de se sacrificarem em prol de uma causa nobre que contemple o bem comum.

Tal atitude conota uma conduta libertina. Para ser fiel é preciso confiança e hoje as pessoas não confiam nem em si próprias.

Ou seja: Fidelidade é hoje uma característica rara, e só pessoas nobres conseguem assumir tal compromisso.
Claro, o ser humano é falho, e de vez por vez cai em tentação, mas isso não n…

CIÊNCIA & ECONOMIA

Imagem
Seu cérebro: um computador!

A ciência que estuda o sistema nervoso: A neurociência é um ramo da biologia abrangente face o intercâmbio com outras áreas como educação, química, ciência da computação, engenharia, antropologia, linguística, matemática, medicina e disciplinas afins, filosofia, física, psicologia e economia. 

Em suma: é a ciência que estuda o funcionamento do cérebro, sendo o braço mais importante da disciplina, a neuroeconomia.

Estreitando para neuroeconomia que é o nosso assunto de hoje, traduzo: neuroeconomia significa tentar entender o processo de tomada de decisão tendo como analise o nosso cérebro, e pensando o funcionamento das economias. 

Os mecanismos para estabelecer uma relação entre a neurociência e a economia ocorreram, em grande parte, nos últimos anos, e o crescimento da neuroeconomia ainda se encontram em fase inicial.

Grande parte da moderna teoria econômica se fundamenta na ideia de que as pessoas são racionais e que, por isso, elas maximizam a própria felicid…