Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2013

Mas afinal quem é a “Mina do Condomínio”?

Imagem
“Estou namorando aquela mina, mas são sei se ela me namora”... E se ela for comprometida???

Pois é, pessoal tem muita gente hoje em dia que só vive de status, gente que se esqueceu ou desconhece a célebre frase de William Shakespeare: “To be, or not to be: that is the question”; na língua pátria: “Ser ou não se: eis a questão”.
O ser humano é mesmo engraçado, tem muita gente se conformando com a máxima: não precisa ser, basta parecer. E isto diz muito sobre o seu status. Mas o que é “status”?
O conceito de "status quo" originou-se do termo diplomático "in statu quo ante bellum", ou seja, "no estado (em que se estava) antes da guerra". Entretanto, a expressão “status quo” isolada designa o atual estado das coisas.
No mundo de sempre, muita gente vive a custa da aparência dos outros, isto é, o meu amigo é amigo do amigo daquele empresário famoso, ou daquela celebridade do momento. Todavia, para isto é preciso dinheiro? Como se pode ingressar nas altas rodas …

Feliz instante: agora!

Imagem
O bom de ser jovem não é mesmo poder aproveitar a vida com tempo de sobra???... Mas do que isto adianta nestes dias corridos, em que o relógio atropela as horas, e não temos tempo para nada?

Envelhecer com sabedoria é uma arte milenar, não é pra qualquer um... Significa gastar o tempo com a utilidade da vida, ou seja: ser criança e poder brincar, ser jovem e poder estudar, adulto e trabalhar, tudo com parcimônia e lazer... E aí sim, colher os frutos na maturidade. 

É a economia do tempo que nos cobra as escolhas que fizemos ao longo da jornada. Bom mesmo, plagiando um antigo reclame, seria nascer velhos e com o decorrer do tempo ficar novos: da velhice à vida adulta, da vida adulta à juventude, da juventude à infância, e desta voltarmos aos braços maternos, ao seio da mãe, e por fim ao ventre que nos gera a luz.  

Isso mesmo, não seria bom invertermos a lógica: Nascermos velhos, sofrermos já de cara tudo o que tiver de ser, para só depois colhermos os frutos, aproveitando a sabedoria que…

Você tem sorte na vida ou até que a morte os separe?

Imagem
Temas importantes são discutidos na trama de Glória Perez além do tráfico humano. Alienação Parental, você alguma vez já tinha ouvido falar neste assunto? Pois é, Glória Perez mais uma vez toca em um tema polêmico. 

Mas você sabe o que é Alienação Parental? Seria aquele: “eu odeio a minha mãe”, dito por uma criança. - Mas por quê, pergunta o adulto? – Porque que ela é uma prostituta. Meias verdades ou não, ex-prostituta ou não, o fato é que a família paternal e ou madrasta não podem, de forma alguma, doutrinar uma criança a odiar a um dos pais.

Cientificamente, Síndrome de Alienação Parental (SAP) é uma denominação utilizada pelo psiquiatra infantil, Richard A. Gardner, para descrever um distúrbio no qual uma criança, continuamente, cria um sentimento de rejeição e repulsa a um dos pais sem qualquer justificativa. Isso devido a uma série de fatores, incluindo a doutrinação pelo outro progenitor ou quem estiver no lugar dele (quase exclusivamente como parte de uma disputa da custódia da …

Rita Lee Rita Lee, tão bonitinha...

Imagem
...Continuando, não é de hoje que Glória Perez é grande sucesso da televisão brasileira. Infelizmente sucesso não anda sozinho, anda a cavalo, e este está sempre acompanhado daquela desagradável parceira: “a dose cavalar da inveja”... “Apesar, contudo, todavia, mas, porém, as águas vão rolar” e como falam os antigos para toda inveja: uma reza. E por falar em “Reza”...

A cantora Rita Lee continua genial e gerando polêmicas e inveja por sua irreverência. Recentemente, em seu perfil oficial no Twitter, a cantora afirmou ter perdido patrocínio para shows após tirar a calça em cima do palco. "Alegrai-vos, reacionários, perdi o patrocínio de um banco porque mostrei a bunda", comentou. 


Nos últimos dois shows, realizado pela cantora, um em Brasília e outro em Saquarema - Rio de Janeiro, Rita Lee abaixou as calças e mostrou as belas nádegas. De acordo com Rita em seu Twitter, “mostrar a bunda no palco é um ato de amor, do tempo em que roqueiro tinha cara de bandido, você ainda não era…

... E por falar em trabalho escravo,

Imagem
Quem tem feito um belo trabalho na teledramaturgia brasileira é a novelista Glória Perez. Em "Salve Jorge", novela das 21horas da Rede Globo, a autora aborda o drama do tráfico humano: seja para prostituição, adoção ilegal e ou, transplante de órgãos. Trata-se de um tema forte com grande dramaticidade e apelo social. O morro do Alemão serve como cenário para trama, que também mostra o dia a dia dos moradores após a pacificação da comunidade. 
A atriz Nanda Costa, sucesso do cinema brasileiro, faz a protagonista Morena, mocinha do Morro do Alemão que é traficada para a Turquia como escrava sexual. Já a chefona da máfia do tráfico humano é feito por Cláudia Raia, no papel de Lívia – dona de uma agência de modelos que serve como fachada para seus crimes.
O assunto é mais que pertinente e serve de alerta para a população, principalmente com a chegada da Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Para se ter uma idéia,  foi realizado recentemente durante o seminário internacional &quo…

Haja sangue!

Imagem
Difícil não associar a sanguinolenta história de amor de “Django Livre” ao mais famoso casal afrodescendente dos EUA, o presidente Barack Obama e sua primeira-dama Michelle Obama. Tarantino que me perdoe, mas pegou o bonde da ascensão das minorias. Neste momento em que o primeiro afrodescendente se reelege, Quentin Tarantino cria um faroeste bem ao seu estilo com alta dose de humor e muito sangue. 
“Django Livre" tem como alvo de crítica à escravidão e já gerou polêmicas de ativistas, por exemplo, o renomado diretor negro norte-americano Spike Lee, disse que não verá o filme, pelo entendimento de que não trata o tema com o devido respeito. 
O filme também é alvo dos republicanos que há muito atacam os filmes de Tarantino devido à alta dose de violência. Mas a questão é: serão mesmo os filmes os grandes responsáveis por influenciar a onda de atentados armados nos EUA? O assunto é controverso. Pensando nisto, o Governo americano investirá US$ 10 milhões em busca de respostas.
Em ja…

Poemas de Oswald de Andrade

Imagem
Passionária

Meu amigo
Foi-me impossível vir hoje
Porque Armando veio comigo
Como se foras tu
Necessito muito de algum dinheiro
Arranja-mo
Deixo-te um beijo na porta
Da garçonnière
E sou a sinceridade


Secretário dos Amantes

I
Acabei de jantar um excelente jantar
116 francos
Quarto 120 francos com água encanada
Chauffage central
Vês que estou bem de finanças
Beijos e coices de amor

II
Bestão querido
Estou sofrendo
Sabia que ia sofrer
Que tristeza este apartamento de hotel

III
Granada é triste sem ti
Apesar do sol de ouro
E das rosas vermelhas

IV
Mi pensamiento hacia Medina del Campo
Ahora Sevilla envuelta en oro pulverizado
Los naranjo salpicados de frutos
Como una dádiva a mis ojos enamorados
Sin embargo que tarde la mía

V
Que alegria teu rádio
Fiquei tão contente

“Quem você pensa que é” ao som de um bolero?

Imagem
"Você sabe com quem você está falando" ou "quem você pensa que é"? são expressões muito usuais para diminuir, menosprezar, ou intimidar um individuo interlocutor. Num País em que ainda predomina grande desigualdade social esta é a "penha" a de que levamos, ou seja, a do País do jeitinho e do "você sabe com quem está falando?"...


Somos um País extremamente desigual: Mais de 90% da população brasileira tem uma renda familiar per capita inferior a R$ 1.019,00. Segundo o último Censo e um estudo da SAE (Secretaria de Assuntos Estratégicos) a baixa classe média tem renda familiar per capita entre R$ 291 e R$ 441; a classe média tem renda familiar per capita de R$ R$ 441 a R$ 641 e a alta classe média tem uma renda familiar per capita entre R$ 641 e R$ 1.019. Os ricos tem uma renda acima de R$ 1.019 e os muito ricos (1% da população), tem uma renda familiar per capita acima de R$ 2.480. Este 1% mais rico se apropria de cerca de 10% do PIB brasileiro, e…

Um antigo novo sonho Brasileiro

Imagem
Finanças, mídia, arte, moda, pesquisa, tecnologia, educação e entretenimento, estes serão alguns dos assuntos que abordarei neste blog que se inicia. Minha intenção é conciliar o útil ao agradável.  
Nas linhas que se seguem vamos relacionar os principais tópicos da atualidade sem perder as referências do passado e o olhar no futuro. No mundo globalizado, vamos elencar o regional, o nacional, ao contexto global. Não podemos perder de vista o que é de nosso interesse, pensando no coletivo, mas sem abrir mão do exclusivo. 
O mundo segue a passos apressados e precisamos aprender a desacelerar sem perder o bonde, por isto a saúde também será destaque em minhas matérias. Assuntar o importante sem deixar de lado o trivial, o que traz prazer sem ser supérfluo. Mas também falarei do supérfluo, lançarei mão deste luxo. 
O supérfluo não é vital, não é necessário, nem é essencial, mas faz parte do jogo das seduções, sendo um meio de se atingir um fim almejado. Mais tarde explicarei... 
Assim vou…