Mais do que gerar saúde, os alimentos são fonte de prazer:

Alimentos, uma fonte de prazer!

Nem só de bolachas vive o ser humano!


Desde sempre os alimentos foram considerados fonte de saúde, um homem não sobrevive sem se alimentar. Todavia, nem todos os alimentos fazem bem para a saúde, e isso depende da genética de cada um... Cada raça tem uma maneira peculiar de se alimentar, inclusive, se tratando do reino animal: você não vai alimentar uma galinha com o filé do veado que o leão está saboreando (tem animais que são carnívoros e tem animais que são herbívoros): Então, antes de se alimentar, descubra o que te faz bem!

Os diabéticos não podem com açúcar, entretanto ninguém pode com o abuso. Alias, o abuso de qualquer alimento faz mal, inclusive no reino animal.

Mas, o que seria uma alimentação saudável? Tudo aquilo que posso consumir na dose certa que não me faz mal. Tudo aquilo que supre meu corpo dos ingredientes necessários para me manter de pé com boa saúde.

E boa saúde não é só os bons índices de colesterol no sangue, a pressão controlada, o intestino funcionando regularmente, mas também o bom humor de cada dia...Tem alimento que se o indivíduo não não consumir, causa depressão. Tem gente que não fica sem um chocolate, por conta da serotonina.

Alimento que é bom, tem que nos trazer prazer, a gente tem que gostar daquilo que come... E isso vem de berço, vem da educação que nossos pais e avós nos deram. Dieta é uma coisa pessoal e intransferível, então, não entre nessa de buscar em revista, uma receita de dieta rápida para emagrecer, ou copiar do amigo a dieta dele. Nesse caso, a visita ao nutricionista é fundamental.

E não pense você que todo gordinho está doente, porque essa máxima não é verdadeira. Às vezes, uma pessoa é gorda está com saúde e outro que é magro está com péssima saúde!

Fora isso, ninguém merece ficar sem o prazer de comer, aprenda a gostar daquilo que te faça bem e coma com parcimônia!

Agora vou falar de um instituto que tem me chamado a atenção: O Instituto Brasil a Gosto, criado pela Chef Ana Luiza Trajano, filha da Luiza Trajano, presidente do Magazine Luiza. Por que me chamou atenção? Por um motivo: Culinária também é patrimônio cultural e o brasileiro tem uma das melhores cozinhas do mundo!

Segundo informações do site do instituto: O Patrimônio Cultural Alimentar do Brasil não cabe apenas nas mesas dos restaurantes. O instituto fomenta a cultura alimentar no Brasil, o objetivo é promover o conhecimento da nossa própria culinária, muitas vezes desvalorizada ou esquecida. Para isso, O instituto Brasil a Gosto vai ser elo de parcerias entre órgãos de pesquisa e desenvolvimento, produtores artesanais, órgãos públicos e governamentais e também a indústria e mercado.

O instituto acredita que a gastronomia é agente importante de mudanças que une a preservação de identidade cultural a impactos sociais. “O brasileiro conhece mais a gastronomia europeia que a própria culinária”, diz a chefe de cozinha Ana Luiza Trajano para a revista Cláudia.

Dá gosto ver Ana Luiza... 

A Chef Ana Luiza Trajano fazendo o que gosta!


A Chef Ana Luiza Trajano ainda comanda o programa Fominha exibido no canal GNT... o programa dá ´água na boca´... Que delícia é assistir a Chef Ana Luiza Trajano! Além do programa, Ana Luiza escreve para a revista Cláudia e já publicou diversos livros sobre culinária.

Sobre a Chef: Ana Luiza Trajano iniciou, em 2003, um trabalho de pesquisa sobre a cultura e a gastronomia brasileiras que durou dez anos, passando por mais de 50 cidades do país. Nessa busca, ela encontrou moradores e cozinheiros locais e foi seduzida pelas especificidades de cada um dos seus novos mestres. Hoje, com uma carreira consolidada e um restaurante renomado internacionalmente, a chef colhe os frutos de suas pesquisas. (fonte: Canal GNT).



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CIÊNCIA - ONDAS ELETROMAGNÉTICAS CEREBRAIS:

O mercado de trabalho não existe sem elas:

DARTH VADER: O VILÃO QUE JÁ FOI HERÓI